Escolha uma Página

Você sabe como funciona o consórcio imobiliário?  Já adiantamos que ele é de grande ajuda para você que deseja conquistar um imóvel, terreno ou fazer uma reforma. Nesse post, vamos mostrar como funciona essa modalidade.

 

O consórcio é uma forma de ter acesso a crédito para compra dos mais variados bens e serviços, dentre eles imóveis. Além disso, é uma opção econômica, em que você define quanto precisa e o prazo máximo para adquirir o imóvel. Por esse motivo, consórcio é ideal para quem não tem pressa e se planeja.

 

O funcionamento é bem simples, você adere a um plano e começa a pagar as parcelas no valor e no prazo definido em contrato. Todo mês ocorre uma assembleia onde pelo menos uma ou mais pessoas são sorteadas e podem utilizar o crédito para adquirir o bem.

 

Caso não queira depender de sorteios, você pode dar lances, e o maior valor ou percentual é contemplado. Esse valor é abatido no saldo do devedor, ou seja, o lance funciona como um adiantamento de parcelas.

 

Ao ser contemplado você escolhe o bem que deseja adquirir. Você pode escolher o imóvel que desejar, seja ele construído, na planta, ou até mesmo construção em reforma. Escolhido o bem e aprovado a garantia, a administradora contratada realiza o pagamento diretamente ao vendedor. E como o pagamento é à vista, você pode negociar descontos e benefícios.

 

O consórcio é uma forma de compra colaborativa. Assim como você, todas as pessoas do seu grupo estarão contribuindo. E é com os recursos de todos, que formamos o “fundo comum” que os contemplados adquirem os bens.

 

Dentre outras obrigações a administradora é responsável pela gestão desse fundo comum, e para isso cobra uma pequena taxa de administração. Essa taxa pode variar entre as empresas, se constarem no contrato pode haver cobrança de um percentual do fundo de reservas e de seguros.

 

Como faço para aderir um consórcio imobiliário?

Para adquirir a cota de um consórcio é necessário procurar uma administradora autorizada pelo Banco Central do Brasil, (instituição responsável por fiscalizar e normatizar o sistema de consórcio), e claro, que atue com imóveis.

 

Existe uma enorme variedade de planos, por isso você deve pesquisar e comparar o que mais atende à sua capacidade financeira e seus objetivos.

 

No momento que você adquire um consórcio, você assina um contrato onde deve constar todas as informações do grupo,  assim como seus direitos e deveres. Antes de assinar o contrato é preciso fazer uma leitura para ter a certeza de que as cláusulas contratuais estão de acordo com o que foi conversado com o vendedor, esse documento e muito importante, por isso é necessário ler com muita atenção.

 

É possível usar o FGTS no consórcio imobiliário?

Sim. No consórcio imobiliário, existe quatro possibilidades para a utilização do saldo do FGTS :

 

  • Liquidação de saldo devedor total ou parcial.

 

  • Pagamento de parte das prestações

 

  • Complementação da carta de crédito

 

  • Oferta de lance

 

No manual para moradia própria consta as regras para a utilização do FGTS, esse manual é disponibilizado pelo agente operador (Caixa Econômica).

Caso ainda tenha alguma dúvida entre em contato com a ômega consórcio, estaremos a sua disposição. 

Agora que você já sabe como funciona o consórcio imobiliário, faça já sua simulação!